• Type:
  • Genre:
  • Duration:
  • Average Rating:

O Homem Ideal? | Crítica

Compartilhar

Por Arthur Guedes

Sendo uma adaptação de sua peça de teatro para o cinema, O Homem Ideal?, do ator e dramaturgo espanhol Carles Alberola retrata um jantar no apartamento do professor universitário e escritor Rubèn (Carles Alberola). Nele, um casal de amigos, Jaume (Alfred Picó) e Raquel (Cristina Garcia), pretendem apresentar uma mulher para o professor divorciado. Porém, a expectativa da chegada de Pilar (Rebeca Valls) ao jantar, passa a revelar problemas no casamento de Jaume e Raquel.

O filme se inicia apresentando sua relação metalingüística com a ficção à medida que Rubèn narra sua visão de como ela pode mudar o rumo da vida das pessoas. Ao mesmo tempo, demonstra o caráter cômico da obra ao utilizar da narração para se descrever de maneira idealizada em contra ponto a sua versão real no trajeto do trabalho até sua casa. O uso desta relação com a ficção por Rubèn se manifesta no decorrer da trama, tanto para preencher lacunas de sua própria personalidade como para acobertar a traição de Jaume, derrubando o caráter idealista que o filme agrega ao uso do recurso ao utilizá-lo como um eufemismo para mentira.

Por ter como base o teatro humorístico, Alberola apresenta bastante domínio do tempo de encaixe dos momentos cômicos, inclusive conseguindo utilizar o humor de repetição e inversão de papeis entre as personagens de maneira eficaz. Devido ao tamanho reduzido da produção e sua origem teatral, o filme se passa quase que inteiramente na sala do apartamento do escritor, porém o espaço restrito é bem aproveitado através de uma direção que não ousa, mas cumpre seu papel.

Ao retratar as dificuldades amorosas de Rubèn e sua falta de habilidades sociais o filme chega próximo de abordar de maneira divertida o romance na vida após os 50 anos, mas acaba por perder esta oportunidade ao recorrer à relação clichê entre a mulher jovem e o homem mais velho e culto. Relação esta que se torna ainda mais problemática quando em dado momento o protagonista cita o filme Beautiful Girls (1996), e como a personagem de 13 anos interpretada por Natalie Portman pede para que o personagem de Timothy Hutton, um homem adulto, lhe espere fazer 18 anos para que possam namorar.

Citação essa que em conjunto com comentários feitos a respeito de Pilar, tornam o ponto central do filme sobre esperar o amor altamente problemático, chegando a romantizar relações de pedofilia. Pilar, que inclusive se torna o foco central do conflito entre as demais personagens, é representada de forma caricatural e sexualizada. Caricatura esta que se torna ainda mais perceptível quando é revelado de maneira bastante superficial que a personagem sofre de depressão, utilizando assim uma questão bastante delicada apenas como recurso pra intensificar a construção da personagem.

O Homem Ideal? marca a estréia de Alberola com uma direção regular e questões extremamente problemáticas em seu texto, especialmente em relação a representação de suas personagens femininas. Ainda que acerte o humor em alguns pontos, o filme não responde a própria pretensão quanto à discutir a metalinguagem.

 

________

Escute nosso PODCAST no: Spotify | Google Podcasts Apple Podcasts | Android | RSS
Entre para o nosso grupo no facebook AQUI
Curta nossa página AQUI
Siga-nos no instagram@sitecanalclaquete
.
.
.
Como TARANTINO filma uma cena?

Você Também Vai Gostar De

Reviews for O Homem Ideal? | Crítica

There are currently no reviews for O Homem Ideal? | Crítica
Scroll to top