Os 5 Principais Festivais de Cinema do Mundo

Por Gustavo Bissoli

 

Todos os anos, diversos filmes até então desconhecidos do grande público surgem em algum festival por aí, e após fazer um grande estardalhaço no evento, este filme consegue um lançamento comercial que o espalha pelos cinemas do mundo todo. Não são raros os exemplos: Cães de Aluguel, de Quentin Tarantino; Cidade de Deus, de Fernando Meirelles; Amnésia, de Christopher Nolan, e por aí vai… Sempre tem algum diretor que consegue lançar sua carreira através do circuito dos festivais.

Como exemplos atuais, temos o Gareth Edwards, que após fazer sucesso nos festivais com o filme independente Monstros (2010), viu sua carreira decolar e já dirigiu um filme do Godzilla (2014), e no momento está filmando Star Wars: Rogue One! Outro exemplo é o Rian Johnson, que fez Looper – Assassinos do Futuro (2012) e arrancou elogios de todo mundo no Festival de Toronto em 2012. Hoje ele também está confirmado como diretor de um dos filmes de Star Wars. Ele vai dirigir o episódio VIII.

Como você percebe, os festivais são muito importantes para a indústria cinematográfica, não somente para lançar novos talentos, como também para experimentar novas formas de se trabalhar a narrativa cinematográfica. É por isso que resolvemos fazer uma lista dos festivais de cinema mais importantes e influentes do mundo, pra você sempre ficar de olho e saber quais filmes dar um pouco mais de atenção no ano.

 

1. Festival de Cannes

 

O Festival de Cannes é o festival de cinema mais conhecido do mundo. Lá estão os maiores produtores procurando novos filmes e talentos para investir. Lá estão os jurados mais exigentes. E lá está o público mais fervoroso. Se um filme é “mediano”, será vaiado sem piedade em Cannes, mas se um filme for “bom”, será aplaudido em pé durante vários minutos. Esse é o nível.  A curadoria do festival é conhecida por ser extremamente seletiva, e não é fácil conseguir exibir seu filme lá, pois além dos pequenos independentes, grandes estúdios também escolhem o festival para lançar seus blockbusters mais recentes. Se você, aspirante a cineasta, conseguir exibir um filme longa-metragem no Festival de Cannes algum dia, parabéns, você é f#$@!

PulpFiction, ApocalypseNow e Taxi Driver são alguns exemplos de filmes que venceram a Palma de Ouro, o prêmio máximo do festival. O Pagador de Promessas, de Anselmo Duarte, é o único filme brasileiro que já foi premiado no festival com a Palma de Ouro, em 1962. Outros filmes do Cinema Novo também fizeram sucesso por lá, mas não receberam a premiação máxima

 

2. Festival de Sundance

 

O Festival de Sundance é um festival apenas de filmes independentes. Novos diretores, novos produtores, e até diretores consagrados que querem trabalhar sem influências de estúdios aparecem por lá. A principal diferença desse festival, é que ele é utilizado principalmente para fazer negócios. É lá que um aspirante a roteirista vai vender uma grande ideia para um diretor. É lá que um diretor com um filme indie consegue finalmente um distribuidor para exibir seu filme no país todo, e por aí vai.

A Bruxa de Blair (1999) é um bom exemplo. Os caras estavam começando a fazer barulho nos EUA com a exibição desse filme em diversos festivais pequenos. Mas foi depois que eles exibiram o filme em Sundance que um produtor corajoso teve a ideia de comprar aquele filme amador que custou meia dúzia de dólares, e exibi-lo no país todo. A ideia deu certo pra caramba, e A Bruxa de Blair acabou faturando incríveis $248 milhões no MUNDO.

 

3. Festival Internacional de Toronto.

 

O Festival Internacional de Toronto é provavelmente o festival com filmes mais “comerciais” da lista. Os grandes estúdios de Hollywood escolheram esse festival para usá-lo de termômetro do Oscar. Diversos filmes grandes surgem primeiro por lá, principalmente por que os estúdios querem ter uma noção da reação do público antes de fazer campanha para o Oscar, e também para ter uma ideia prévia de como esse filme se sairá nas bilheterias.

O festival é não competitivo, ou seja, não existem vencedores ou perdedores, é mais uma “vitrine”, e é por esse motivo que os estúdios não têm receio de lançar filmes por lá. Muito diferente do Festival de Cannes, por exemplo, que os caras morrem de medo de competir e levar sapatada.
Dá uma olhadinha AQUI

Percebe-se realmente que os filmes mais premiados do Oscar costumam ser exibidos com destaque em Toronto, nos últimos anos os filmes considerados como favoritos do público no Festival de Toronto foram: Quem Quer ser um Milionário (Danny Boyle), Preciosa(Lee Daniels), O Discurso do Rei (Tom Hooper), O Lado Bom da Vida (David O. Russell), 12 Anos de Escravidão (Steve McQueen), e O Jogo da Imitação (MortenTyldum). Todos esses filmes foram premiados e muito elogiados no Oscar.

 

4. Festival de Veneza

 

O Festival de Veneza é considerado por muitos o Principal festival do mundo, logo ao lado de Cannes. Foi o primeiro festival de cinema da história, fundado em 1932. Por isso seu valor é muito alto, e os filmes que são premiados no festival são alvo de prestígio similar ao do Oscar nos EUA, tamanha a importância do evento. Conhecido por abrigar muitas festas, glamour e por possuir premières recheadas de celebridades, Veneza se destaca por ser um festival que não é tão “inundado” por filmes de Hollywood. Nos últimos 10 anos, por exemplo, “apenas” três filmes norte-americanos ganharam o prêmio máximo do festival, o Leão de Ouro: Brokeback Mountain (Ang Lee), O Lutador (DarrenAronofsky), e Somewhere (Sofia Coppola). É por isso que muitos filmes menos conhecidos de países menores acabam ganhando destaque internacional logo após serem premiados no festival.

 

5. Festival Internacional de Berlin

 

O Festival Internacional de Berlin também é considerado por muitos o maior do mundo: Mais de 400 filmes são exibidos em diversas categorias, mais de 320 mil ingressos são vendidos a cada ano, e uma quantidade aproximada de 500 mil filmes se inscrevem a cada ano para tentar marcar presença no festival. Com base em números, este é com certeza o maior festival quando se trata de público e obras participantes.

Dois filmes brasileiros já conseguiram a premiação máxima do festival, o Urso de Ouro: Central do Brasil (Walter Salles) em 1998, e Tropa de Elite (José Padilha) em 2008. Considerando os números e as estatísticas do cinema nacional, é louvável o fato de esses filmes terem sido premiados, pois nenhum outro festival no mundo oferece tanta concorrência como o de Berlin.

Agora que você já conhece os principais festivais de cinema do mundo, já pode ficar de olho em quais filmes olhar com mais atenção durante o ano, pois se um filme marcou presença em qualquer um desses festivais, com certeza é coisa boa!

 

 

 

Você Também Vai Gostar