Quem é o Vilão: Zack Snyder ou Warner? | Fora de Cena 02

Por Pedro Amaro

Entre o público que admira os filmes de super-heróis, nenhum nome circulou tanto a boca dos fãs como o de Zack Snyder. Alguns acreditam que ele é o principal culpado para os filmes da DC (sob produção da Warner) não alcançarem o sucesso absoluto de críticas (como o Nolan conseguiu). Independentemente de sua opinião sobre o que assistiu, um fato é consenso: eles podem ser melhores.

Então, quem é o verdadeiro vilão: Zack Snyder ou a Warner?

O diretor chamou atenção da indústria com o filme de zumbi Madrugada dos Mortos (2004). Daí para frente, Snyder recebeu inúmeros convites para adaptar obras e personagens dos quadrinhos, como 300 e Watchmen. Mas foi a partir de O Homem de Aço (2013) que a discussão teve um alcance mundial. Devido ao tempo de espera de um Superman digno nos cinemas.

Eu costumo dizer que foi ali que Zack mostrou quem verdadeiramente era. O que poderia trazer ou não para um personagem:

“ O problema está na repetição dos erros cometidos por Zack Snyder no longa anterior (‘O Homem de Aço’): destruição escalafobética sem um significado que não seja puramente visual; som aos píncaros para marcar dramaticidade em cenas rasas de emoção dramatúrgica; motivações que não convencem a respeito das atitudes tomadas pelos personagens; e movimentos de câmera que não corroboram o sentido que o roteiro quer passar “.
Mário Abbade

 

“ … todas estas virtudes técnicas e mesmo o excelente elenco acabam sendo sabotados não só pelo roteiro previsível e inchado, mas também – e especialmente – pela estrutura narrativa equivocada adotada por Snyder e pelo montador David Brenner  ”…
Pablo Villaça

Até me arrisco a dizer que gosto do Zack. O problema é que elevaram o seu nome a um patamar no qual o próprio não poderia estar (pelo menos atualmente). Já foi chamado de “Rei da Cultura pop” e de “visionário”. Tais termos, no mínimo, soam ofensivos.

É dizer que o lateral de um time da terceira divisão é melhor que o Messi.

Caso não tenha entendido a analogia eu a farei em outros termos: é como dizer que Michael Bay é melhor do que o Martin Scorsese.

Não, não é!

Mas se você, caro leitor, acredita nisso não há problema. Quem não poderia acreditar nisso era a Warner Bros. Entertainment.

A produtora e distribuidora deu carta branca para Snyder moldar o início da DC Comics nos cinemas. Inacreditável. Por isso e pelos filmes, muitos acreditam que o diretor é o principal vilão. Algo que eu entendo, mas discordo.

Zack Snyder jamais traiu quem é. Embora eu defenda a ideia que ele jamais deveria ser o “cabeça pensante” das adaptações, ele apenas aceitou um convite. A empresa possui uma culpa muito maior.

Claramente, falta um planejamento. Os filmes de super-heróis se tornaram um business muito maior do que jamais imaginávamos. Se não houver coerência e qualidade o público reclamará de uma forma sem precedentes.

O que nos leva a questionar o fato da Warner “copiar” e inserir a mesma música vista em Guardiões da Galáxia e refilmar cenas do Esquadrão Suicida para torná-lo mais cômico devido ao sucesso de Deadpool no mesmo ano. O primeiro corte de Batman VS Superman tinha quatro horas de duração (realmente é o tempo ideal para um filme de super-herói?). O ator e diretor Bem Affleck já demostrou desconforto publicamente com a Warner quanto à produção do filme solo do Batman. Fora os filmes futuros do Flash e do Aquaman, que trocaram de diretores e receberam mudança de data de estreia.

Eu acredito que tais fatores revelem a falta de planejamento da Warner, sendo assim, não digo que Snyder seja o maior culpado. Mesmo ele sendo um diretor mediano, que não sabe construir cenas sutis e escrever roteiro, ele não é o maior responsável pelo caminho que os filmes estão tomando.

De forma alguma eu torço para o fracasso dos filmes. Na verdade, sou fã assumido de todos os personagens, mas acredito que o caminho até aqui não foi da forma como esperávamos e estão culpando a pessoa errada.

É importante refletir sobre isso, porque interdependente do autor que estiver por trás das câmeras, a Warner pode transformar tudo em uma DCepção.

E qual é a sua opinião? Gostaria muito de saber! Deixe nos comentários.

 

Curta Nossa Fan Page AQUI

Se Inscreva em Nosso Canal no Youtube AQUI

 

 

 

Você Também Vai Gostar

  • faz parte da história da Warner tomar decisões cretinas que afundam de vez franquias de Super herói que estavam boas ou podiam se recuperar, basta voltar lá nos primeiros filmes do Superman, em que o primeiro foi uma obra prima, mas o segundo os canalhas já brigaram com o Donner e chutaram o cara (sim, vamos escorraçar nossa galinha dos ovos de ouro, é assim mesmo se se faz!) mas mesmo assim DERAM SORTE de Superman 2 ainda ter sido bonzinho,e depois SEM NENHUMA RAZÃO LÓGICA resolveram mexer no time que estava ganhando, trocando o tom épico por… GALHOFAGEM! dai saiu aquele Superman 3 que mais parece um filme perdido dos trapalhões, e o 4 que nem as definições mais baixas de trash conseguem descrever… então, por mais que tenham diretores bostas tomando decisões bostas, no fim a culpa é dos engravatados que só ficam pensando no lucro em detrimento da arte, prq pra começo de conversa, se bons diretores são chutados e outros medíocres assumem a culpa maior é que quem tomou essa decisão

    • Pedro Amaro Lima

      Acredito que vc resumiu bastante o posicionamento deles.
      Eu acrescente também outra leva de blockbusters: que começou em Harry Potter.
      Nos primeiros filmes tudo ia bem, mas com o passar dos anos ficou clara a queda de qualidade dos filmes mediante a intervenção do estúdio em separar as histórias.

      O mesmo aconteceu com o Hobbit (embora eu tenha gostado bastante).

      Ainda bem que O Senhor dos Anéis escapou bem disso.